Canal Içara

Canal Içara

21 de abril de 2019 - 12:13
Segurança » Caso Paulo e Solange
Justiça gaúcha marca júri dos acusados pelo assassinato de casal de Içara
20/07/2018 às 11:14 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Diego Figueira [Diário de Canoas]
O duplo homicídio de Paulo César Raichaski, de 42 anos, e de Solange de Lima Vargas, de 35, vai ser julgado pelo Tribunal do Júri em outubro. Ao todo, cinco participantes foram denunciados pelo homicídio qualificado do casal atraído para uma emboscada em São Leopoldo no dia 25 de agosto de 2015. Apontado como mentor do crime brutal, contudo, o criciumense Wladimir Luciano de Jesus Israel Zeferino teve o óbito registrado antes mesmo de ter a penalidade definida. A sentença será arbitrada em sessão no dia 8 de outubro na Comarca de Canoas (RS).

Conforme apontado pela investigação, a motivação do crime contra o corretor de Içara e a esposa foi um imóvel de R$ 80 mil no Balneário Rincão. O casal se deslocou até o Rio Grande do Sul para receber o pagamento, mas tornou-se vítima da quadrilha. Saques chegaram a ser realizados em Canoas no mesmo dia do duplo homicídio. Além disso, foram adquiridos também dois celulares com os cartões das vítimas encontradas dentro de um Chery Face num trecho isolado da BR-448 no acesso a Praia de Paquetá. Devido a carbonização do casal, a Polícia Civil gaúcha precisou realizar exame de DNA.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas