Canal Içara

Canal Içara

19 de novembro de 2019 - 16:38
Segurança »
Liberação do viaduto da Vila Nova depende da metereologia
06/12/2006 às 11:26 | Vanessa Feltrin | A Tribuna
O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) ainda trabalha com a perspectiva de entregar o viaduto da Vila Nova antes do Natal para evitar transtornos aos veranistas que seguem pela SC-444, rodovia Paulino Búrigo, rumo ao Balneário Rincão. Segundo o engenheiro Avani Aguiar de Sá, superintendente regional do Dnit, os viadutos do acesso Sul ao Balneário Rincão e do acesso ao Balneário Esplanada, em Morro da Fumaça, só devem ser entregues no começo de janeiro. "Se o tempo colaborar, até podemos entregar as obras antes do fim do ano, mas é pouco provável", diz ele.

Segundo Avani, o trânsito no viaduto da Vila Nova deve ser liberado ainda este ano, mas as alças de acesso ao largo da BR-101 ficam para o ano que vem. No acesso à Esplanada, o trânsito da BR-101 sobre o viaduto pode ser liberado em janeiro, reduzindo o tempo de espera dos motoristas que trafegam entre a praia e Morro da Fumaça. "Por enquanto o trânsito está liberado debaixo do viaduto e os motoristas precisam aguardar, mas é um transtorno temporário", diz o superintendente.


Obras vão desafogar trânsito no verão

A expectativa do Dnit é que as obras desafoguem bastante o trânsito nas localidades ainda durante a temporada de verão. E com isso reduzir as tradicionais dores de cabeça que os motoristas ano a ano adquirem. Claro, se o tempo não trouxer nenhum impedimento. Vale ressaltar ainda que o motorista deve ficar atento aos desvios. Somente na região de Criciúma há cerca de dez.

Já em Araranguá, é o lote 29 que ainda traz alguns transtornos. Desde que a empreiteira responsável pelos trabalhos se afastou, as obras estão paralisadas. No entanto, Avani ressalta que o restante das obras está com os cronogramas definidos e sendo cumpridos à risca. As empresas estão apresentando os relatórios no tempo previsto e o pagamento pelos serviços é liberado depois de aval. Avani é responsável pelos lotes 25 ao 30, entre Itapirubá, em Laguna, e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul. O prazo de término da duplicação continua mantido para o final de 2008.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas