Canal Içara

Canal Içara

09 de dezembro de 2019 - 22:20
Segurança » Caso Vivian Lais Philippi
Mateus assume homicídio, mas nega abuso
15/12/2015 às 09:56 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Morgana Rosso [Jornal da Manhã]
Uma nova versão foi apresentada por Mateus Júlio da Silva sobre o assassinato de Vivian Lais Phillippi nesta terça-feira, dia 15. Desta vez, com a confissão do crime de homicídio. Todavia, o jovem de 19 anos não assumiu a prática de abuso sexual. "Perguntei se ela me daria um beijo. Ela disse que tinha namorado. Eu também disse que tinha e que ninguém iria saber", coloca o réu.

"No exato momento em que eu iria tirar a roupa, ela não deixou", afirma. "Agarrei no pescoço e ela desmaiou. Chamei e ela não respondeu", detalha. Ainda segundo o réu, o balde com água foi usado para tentar reanimar a garota. "Quero pedir perdão à família dela", suplica o réu. "Falei que foi meu irmão, como via na televisão, pois menor não vai preso", acrescenta.

Todo o relato foi acompanhado por familiares da vítima e do réu. As lágrimas da mãe de Mateus foram enxugadas com a toalha guardada dentro de uma bolsa plástica rosa. A irmã do acusado não acompanhou tudo. Já o pai de Vivian precisou ser contido devido a raiva. Ao lado da esposa, ele foi amparado pela mão da filha sobre as costas e pelos parentes.
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas