Canal Içara

Canal Içara

19 de julho de 2019 - 16:17
Segurança » Operação Confidentia
MP pede afastamento de Márcio Dalmolin
14/11/2016 às 16:40 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Junto com o vereador Márcio Dalmolin (PSD), cinco pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público como resultado da Operação Confidentia. Conforme o promotor Marcus Vinicius de Faria Ribeiro, o legislador municipal obtinha parte do salário da assessora. Além disso, havia articulado a nomeação de um motorista na Secretaria Municipal de Saúde em função de chefia incompatível com a atividade desenvolvida. Os acusados responderão por peculato, lavagem de capitais e poderão ser afastados de forma cautelar das funções públicas. A decisão ainda caberá ao Judiciário.

"O enriquecimento ilícito dos denunciados que ocupam cargo público em detrimento e lesão do erário atinge o interesse de toda a coletividade, transcendendo o interesse do ente público estatal. Isto porque todos os membros da coletividade tem o direito de gozar os benefícios decorrentes da correta aplicação do dinheiro público e, na face oposta da mesma moeda, todos também serão infligidos pelos dessabores da malversação do erário", aponta Marcus. De acordo com o promotor, para burlar o rastreio dos valores o vereador utilizava contas em nome de outras pessoas, neste caso, conhecidas como laranjas.

“Não tinha conhecimento da denúncia. Vou buscar mais informações com meu advogado”, informa o vereador. As investigações da 2ª Promotoria de Justiça de Içara contra ele começaram em maio de 2014. Em operação desenvolvida junto com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas, em maio deste ano foram apreendidos documentos e também copiados dados no gabinete do vereador na Câmara Municipal em meio a cinco mandados de buscas e apreensões, além de expedidos seis mandados de condução coercitiva, um deles de Márcio.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas