Canal Içara

Canal Içara

26 de agosto de 2019 - 00:17
Segurança »
Número de câmeras adicionais ao Projeto Bem-Te-Vi está indefinido
23/08/2018 às 09:35 | Especial do Jornal Gazeta
Jornal Gazeta
Considerado um importante instrumento no enfrentamento ao crime e mesmo uma forma de prevenir ações criminosas, o sistema de videomonitoramento segue emperrado em Içara. Apesar de recursos previstos através de emendas parlamentares, o município ainda não recebeu o repasse do Governo do Estado e segue com apenas 11 equipamentos do projeto Bem Te Vi.

A esperança é de que até o final do ano pelo menos R$ 260 mil, incluídos no orçamento do Estado para esse fim, sejam repassados para a instalação de novas câmeras. “Para isso é preciso também de fios e computadores para fiscalização. Então, no momento ainda não é possível saber quantas câmeras serão colocadas”, explica o presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Celso Luiz da Silva.

O recurso, conseguido através de emenda parlamentar, está garantido, entretanto, ainda é necessário que o valor seja liberado pelo Governo do Estado. E, como 2018 é ano eleitoral, isso só pode acontecer após o término do pleito, de acordo com a legislação. “Mas a liberação tem que ser este ano, até porque pelo que ficamos sabendo, se não ocorrer, o governador paga uma multa”, afirma o presidente do Conseg.

Atualmente, o projeto Bem Te Vi funciona apenas na área central da cidade. Mas a ideia é ampliar o sistema para os bairros, inclusive aqueles que servem de entrada e saída do município. Outra forma de realizar essa expansão é através do novo sistema de iluminação pública, cujos postes poderiam receber também as câmeras. Esse projeto deve ser implantado através de uma parceria público-privada, entretanto, ainda sem data para se efetivar.

+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas