Canal Içara

Canal Içara

25 de agosto de 2019 - 11:42
Segurança »
Precaução é a melhor opção na hora de comprar pela internet
09/03/2007 às 00:12 | Lucas Lemos | jornalagoraonline.com.br
As facilidades de comprar pela internet, sem necessidade de locomoção física do consumidor a uma loja, ou a quantidade de produtos que a rede mundial de computadores – leia-se também internet – fazem com que este novo tipo de empreendimento fique conhecido como o negócio do futuro. Porém, não são oferecidas somente facilidades nestas lojas virtuais, algumas armam grandes armadilhas para aplicar golpes.

Muitos cuidados são necessários antes de comprar em uma das milhares de lojas virtuais disponíveis atualmente, e principalmente em sites de leilões. Uma das maneiras de se verificar a confiabilidade da loja virtual é procurar selos de garantia como o oferecido pelo site Buscapé, que em sua home-page - www.buscape.com.br - oferece um canal para que compradores de outras lojas possam avaliar os vendedores virtuais, e assim quando alguém é lesado, o seu depoimento sobre a compra influencia outras pessoas a perceber que a loja talvez não seja a melhor opção.

Comprar em sites que possuem loja física pode evitar fraudes, porém é sempre necessário verificar o site em que se está efetuando. Algumas pessoas más intencionadas criam sites, ou copiam o modelo de sites já existentes para poder conseguir influenciar os consumidores, geralmente oferecendo produtos com preços muito baixos, e roubar os dados pessoais requisitados ao se efetuar uma operação deste nível na internet.

Um dos vilões do comércio eletrônico no Brasil é o site especializado na realização de compra e venda de mercadorias via internet, Mercado Livre: www.mercadolivre.com.br. Sites como este funcionam como canais de ligação entre vendedor e comprador, mas não oferece nenhuma garantia para o consumidor de que após o pagamento, o produto chegará com a descrição contida no site, ou ainda se chegará no endereço requisitado. Qualquer pessoa, mediante a um cadastro, pode oferecer mercadorias, e quem desejar efetuar a compra também deve efetuar o preenchimento de um cadastro para realizar o pedido de compra do produto desejado. O sistema é funcional e em muitos casos o produto chega corretamente ao destino final, porém pessoas más intencionadas acabam usando o sistema para ganhar dinheiro oferecendo produtos que não chegam à casa do consumidor.

Um dos usuários do site, Adriano Guellere, vitima de um vendedor com honestidade duvidosa, efetuou a compra e o pagamento de um MP3 Player de 512MB, no valor de R$ 55,00 mais frete de R$ 45,00. O produto nunca chegou. "Estive procurando novamente o link onde o produto se encontrava e descobri que o vendedor foi expulso do site Mercado Livre, e que mais pessoas foram vítimas ao efetuarem o pedido do MP3 Player”, completa Guellere.

Para se ter certeza de que a compra vai ser entregue, nunca faça o pedido de um produto com preço alto. Opte, por mercadorias com preços baixos para verificar se o vendedor é confiável e entrega o produto no endereço certo. Após esta operação, torna-se mais seguro efetuar compras de valores mais altos, desde que se faça com o mesmo comprador, ou na mesma loja virtual.

Segundo a coordenadora executiva do órgão de Proteção ao Consumidor de Içara (Procon), Rosângela Vidal Teixeira, neste ano já foi formalizado no órgão o caso de um notebook comprado em um site, que até o momento não chegou. O site da empresa que efetuou a venda foi retirado do ar. O Procon de Içara já encaminhou ao endereço contido no antigo site uma carta constatando o fato ocorrido, e convidando a resolver o problema. Caso a resposta da empresa não seja satisfatória, uma audiência conciliatória, realizada na sede do Procon, na Rua São Donato, 498, no centro de Içara será marcada para a resolução da entrega do produto. Se por algum motivo o vendedor não comparecer à audiência, um Boletim de Ocorrência é registrado junto à Polícia Civil. “Geralmente estas empresas são de fora, e são muito difíceis de serem localizadas pelo Procon”, revela Rosângela.


DICAS DE SEGURANÇA:

Dados - Verifique quais informações sobre segurança e privacidade de seus dados são oferecidos pela loja.

Atendimento - Veja se a loja possui serviço de atendimento para informações, dúvidas ou reclamações tanto por e-mail quanto por telefone.

Senhas - As lojas online pedem que os usuários cadastrem um login e uma senha. Ao criar sua a senha, evite combinações óbvias, como data de nascimento, nome de namorado ou parentes, times de futebol ou qualquer outro que possa ser descoberto com facilidade. Procure combinar números e letras.

Comprovantes - Guarde todos os comprovantes de suas compras até que elas sejam entregues. Para as compras online, esses comprovantes são os e-mails que a loja envia confirmando seu pedido e o pagamento dele. Caso opte pelo pagamento por boleto bancário, use-o também como comprovante.

Entrega - Se a loja não entregar sua compra, ela é obrigada a devolver o seu dinheiro. Se a entrega não for feita no prazo prometido, você também pode cancelar o pedido e exigir a devolução do seu dinheiro.

Cartão de Crédito - Nunca forneça o numero de seu cartão de crédito como prova de sua idade. As operadoras afirmam que cartões não verificam a idade de alguém, trata-se apenas de uma maneira simples de enganar usuários desavisados.

Vírus - Compras on-line não devem ser feitas em qualquer computador, prefira o computador de sua casa ou trabalho. A probabilidade da estação de trabalho de sua empresa estar atualizada e livre de software malicioso é maior do que de um computador de uma “Lan House” ou estabelecimento similar.

Fraudes com cartão - Usar o cartão de crédito em compras on-line é tão seguro quanto usá-lo em um restaurante. Tanto compras no mundo real quanto on-line sofrem de fraude durante a compra ou de problemas no armazenamento de seus dados confidenciais. Use seu cartão com menor limite de compras, isto minimizará seu prejuízo em caso de fraude ou armazenamento inadequado dos dados de seu cartão. Se possível tenha um seguro contra fraudes no seu cartão.

Pagamento - Se desconfiar do site e a compra for inevitável, escolha por pagar com boleto bancário ou SEDEX a cobrar.

Ofertas - Desconfie de ofertas boas demais, use o bom senso acima de tudo.

Acompanhamento - As entregas normalmente são feitas por empresas que oferecem “tracking” do seu pedido, ou seja, acompanhamento da entrega do produto mediante o uso de um código fornecido pelo vendedor. Este código normalmente é fornecido ao final da transação de compra.

Mensagens - Não apague os registros de sua compra, especialmente mensagens com confirmação de compra e entrega.


-----
Recomendações: Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)
+ Segurança
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas