Canal Içara

Canal Içara

17 de agosto de 2018 - 02:54
Política » Escândalo das Cédulas
Delegado apreende votos dos vereadores
16/05/2011 às 20:12 - atualizada às 23h35 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Por sete votos a três, a Câmara Municipal de Içara derrubou o veto do prefeito Gentil Da Luz às mudanças de atribuições da Fundai, além da revogação da Área de Proteção Ambiental (APA) de Santa Cruz. O placar foi diferente do esperado pelo Movimento Içarense pela Vida na noite desta segunda-feira, dia 16. Isto porque quatro vereadores haviam garantido unidade na votação com o chefe do Poder Executivo.

Conteúdo relacionado:
Multimídia » Veja ação da Força-Tarefa em vídeo


Publicamente, haviam se manifestado pelo veto Diego Vittorassi (PDT), Dilnei Lima (PMDB), André Jucoski (PSDB) e Jurê Carlos Bortolon (PMDB). Mas, a maior surpresa não foi a possível troca de lado de um deles. O clima esquentou foi com a interrupção dos trabalhos devido a presença de autoridades da segurança pública.

"Recebemos uma denúncia de voto marcado", explica o delegado Airton Ferreira. Ao final da votação, ele interrompeu a sessão para anunciar a coleta das cédulas acumuladas pelos vereadores. Mas, não fez nenhum outro comentário sobre o fato. A ação desencadeada na Câmara foi realizada em força-tarefa. E, teve a participação do Ministério Público.

No caso da Promotoria da comarca, o MIV já apresentou uma denúncia por prevaricação dos vereadores. É que na análise do movimento, eles agiram em benefício próprio ao proporem mudanças em questões ambientais que afrouxam dispositivos existentes até então. A relação do ingresso ao Ministério Público e a ação da força-tarefa, contudo, não está confirmada.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas