Canal Içara

Canal Içara

25 de março de 2019 - 22:39
Cotidiano »
Escola Dimer Pizzetti experimenta realidade aumentada para estudo de Ciências
29/11/2018 às 16:37 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Além dos modelos anatômicos em escalas ampliadas, os estudantes do quinto ano da Escola Estadual Dimer Pizzetti puderam observar o coração em diferentes ângulos com realidade aumentada nesta quinta-feira dia 29. Por meio de tablets, os jovens conheceram melhor o sistema cardiovascular que estudaram previamente em sala de aula. Também tiveram a oportunidade de usar estetoscópios para escutar os corações cheios de curiosidade dos colegas. E para o manuseio dos equipamentos, além do conhecimento detalhado das cavidades e camadas, contaram com o auxílio dos acadêmicos da Universidade Federal de Santa Catarina.

“Estudamos o corpo humano ao longo de todo o ano. Realizamos demonstrações em sala de aula, todavia com recursos limitados e modelos anatômicos pequenos. A realidade aumentada nos trouxe uma inovação. É uma interatividade que permite que eles não decorem apenas, mas efetivamente aprendam”, indica a professora de Ciências, Tatiane Canarin. "Ser médico é uma opção que considero para o meu futuro. E essa aula vai me ajudar", enaltece Arthur Sartor Rodrigues. O jovem de 11 anos foi o principal participante nesta tarde e obteve quatro pirulitos pelos acertos.

A tecnologia adquirida pela UFSC já interagiu com alunos de Araranguá, Forquilhinha, Ermo e Maracajá. A escola do bairro Liri, em Içara, fechou então o ciclo de 2018. “Utilizamos a realidade aumentada para o estudo da anatomia na Medicina. Além da universidade, levamos às escolas como uma ferramenta também para o reforço no ensino", coloca a professora do curso de Medicina, Iane Fransceschet. “Iniciamos a integração da universidade e as escolas pelo coração, mas temos a possibilidade de explorar também o fígado e o cérebro de forma virtual. O conteúdo depende da programação escolar”, pontua a coordenadora do curso de Engenharia da Computação da UFSC, Eliane Pozzebon.
Divulgue as atividades também de sua escola. Envie as ações pedagógicas para jornalismo@canalicara.com
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas